40 exercícios de figuras e funções da linguagem

Segundo a Wiki, figuras de linguagem são estratégias usadas pelos escritores para conseguir imprimir no texto determinados efeitos de sentido que influenciam, diretamente, na interpretação que o leitor fará do mesmo. Ao contrário do que muitos pensam, não se limitam à metáfora, pois existem figuras de linguagem relacionadas aos aspectos semânticos, fonológicos ou sintáticos das palavras afetadas. É muito usada no dia-a-dia das pessoas, nas canções e também é um recurso literário. Já há algum tempo, publiquei no blog Análise de Textos alguns exercícios sobre figuras e funções da linguagem. Lá, expliquei que este assunto nos ajuda bastante a entender, por exemplo, as obras literárias e contribui bastante na interpretação de textos. Aqui, publicarei uma lista com mais 40 exercícios que foram usados em vestibulares e concursos públicos. Só por esse motivo, julgo pertinente fazê-los. O gabarito, é claro, esta no final do post.



1) (Santa Casa) - Elipse é uma das figuras de sintaxe mais usadas e pode ser definida como sendo "a omissão, espontânea ou voluntária, de termos que o contexto ou a situação permitem facilmente suprir".
De acordo com a definição, há um bom exemplo de elipse em:
 
a) "Entre cá dentro, berrou o guarda."
b) "O balão desceu cá para baixo."
c) "Lá fora, umidade; tinha garoado muito."
d) "Eu, parece-me que tenho uma fome danada."
e) "Do bar lançou-me para a sarjeta."

2) (7594 Fei) - Assinalar a alternativa que contém as figuras de linguagem correspondentes aos períodos a seguir:
I. "Está provado, quem espera nunca alcança".
II. "Onde queres o lobo sou o irmão".
III. Ele foi discriminado por sofrer de uma doença contagiosa muito falada atualmente.
IV. Ela quase morreu de tanto estudar para o vestibular.
 
a) ironia - antítese - eufemismo - hipérbole
b) eufemismo - ironia - hipérbole - antítese
c) antítese - hipérbole - ironia - eufemismo
d) hipérbole - eufemismo - antítese - ironia
e) ironia - hipérbole - eufemismo - antítese

3) (15826 Fuvest) - A CATACRESE, figura que se observa na frase "Montou a cavalo no burro bravo", ocorre em:
a) Os tempos mudaram, no devagar depressa do tempo.
b) Última flor do Lácio, inculta e bela, és a um tempo esplendor e sepultura.
c) Apressadamente, todos embarcaram no trem.
d) Ó mar salgado, quanto do teu sal
são lágrimas de Portugal.
e) Amanheceu, a luz tem cheiro.

4) (Un. Fe. Uberlândia) - Cada frase abaixo possui uma figura de linguagem. Assinale aquela que não está classificada corretamente:
a) O céu vai se tornando roxo e a cidade aos poucos agoniza. (prosopopéia)
b) "E ele riu frouxamente um riso sem alegria". (pleonasmo)
c) Peço-lhe mil desculpas pelo que aconteceu. (metáfora)
d) "Toda vida se tece de mil mortes." (antítese)
e) Ele entregou hoje a alma a Deus. (eufemismo).

5) (Aman) - Há uma evidente onomatopéia em:
a) "Os dois bois tafulham as munhecas, com cloques sonoros."
b) "E Soronho ri, com estrépito e satisfação."
c) "... um tremembé atapeado de alvas florinhas de bem-casados e de longos botões fusiformes de lírios."
d) "Vam'bora, lerdeza! Tu é bobo o mole; tu é boi?!..."
e) "De éis, Buscapé, e depois Namorado, acabaram."

6) (Fac.Met.Piracicaba) - Na frase: "A mocidade é um noivado" ocorre a figura chamada:
a) metáfora
b) anacoluto
c) elipse
d) silepse de gênero
e) zeugma

7) (PUC) - Na frase: "... às paixões que se calem...", ocorre a figura chamada:
a) anacoluto
b) polissíndeto
c) silepse de número
d) onomatopéia
e) prosopopéia

8) (Fuvest) - A figura resultante de uma translação de sentido pela suavização da idéia recebe o nome de:
a) eufemismo
b) catáfora
c) ícone
d) anáfora
e) pleonasmo

9) (Aman) - "E brinquei, e dancei e fui vestido de rei..."
Na frase acima, há:
a) hipérbole
b) polissíndeto
c) zeugma
d) elipse
e) catacrese
 
10) (Fac.Met.Piracicaba) - "... e até o número de casa e do telefone serão esquecidos, e toda essa gente e todas essas coisas se apagarão em lembranças remotas." Aparece neste segmento uma figura classificada como:
a) polissíndeto
b) assonância
c) concatenação
d) aliteração
e) trocadilho

11) (Santa Casa) - Qual a figura de linguagem dos seguintes versos?
"Ignara voz, qual se da antiga lira
Fosse a encantada música das cordas
Qual se essa voz de Anacreonte fosse."
 
a) comparação
b) hipérbole
c) pleonasmo
d) antonomásia
e) polissíndeto

12) (UF de Viçosa) - Assinale a figura de linguagem encontrada em:
"Minha cidade toda se enfeitou
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor."
 
a) perífrase
b) silepse
c) catacrese
d) prosopopéia
e) sinédoque

13) (Barbacena) - Em “Respondeu um silêncio cheio de surpresa” há duas figuras:
a) catacrese e sinédoque
b) metonímia e catacrese
c) antítese e animismo
d) eufemismo e epíteto
e) antonomásia e comparação

14) (Fac.Met.Piracicaba) - "Pois até nisso a pequena rua fechada o seu círculo de rotina e burocracia em volta de mim." Que figura aparece aí?
a) prosopopéia
b) apóstrofe
c) perífrase
d) hipérbole
e) eufemismo

15) (Fau - Santos) - Nos versos:
“Bomba atômica que aterra
Pomba atômica da paz
Pomba tonta, bomba atômica...”
A repetição de determinados elementos fônicos é um recurso estilístico denominado:

a) hiperbibasmo
b) sinédoque
c) metonímia
d) aliteração
e) metáfora

16) (Fuvest) - Em “Quando a indesejada das gentes chegar”, há:
a) clímax
b) eufemismo
c) sínquise
d) catacrese
e) pleonasmo

17) (FAU-Santos) - Nos versos:
"Bomba atômica que aterra
Pomba atômica da paz
Pomba tonta, bomba atômica..."
A repetição de determinados elementos fônicos é um recurso estilístico denominado:
 
a) hiperbibasmo
b) sinédoque
c) metonímia
d) aliteração
e) metáfora

18) (Mackenzie) - Nos versos abaixo uma figura se ergue graças ao conflito de duas visões antagônicas:
"Saio do hotel com quatro olhos,
- Dois do passado."
Esta figura de linguagem recebe o nome de:
 
a) metonímia
b) antítese
c) hipérbato
d) catacrese
e) hipérbole

19) (UFP) - Em: “... das coisas ásperas, das coisas tristes, das coisas frias...” há um agrupamento de palavras e idéias na mesma ordem, como um recurso estilístico chamado:
a) paralelismo
b) anáfora
c) apóstrofe
d) anástrofe
e) catacrese
 

20) (Belas Artes - SP) - Identifique as figuras nos versos:
"Se lá dos céus vem celeste aviso."
"Eles, o seu único desejo é exterminar-nos."
"Vozes veladas, veludosas vozes."
"O céu, um manto azulado."
 
a) metáfora - catacrese - elipse - zeugma
b) pleonasmo - zeugma - elipse - anacoluto
c) anacoluto - pleonasmo - elipse - zeugma
d) pleonasmo - anacoluto - aliteração - elipse
e) nenhuma das anteriores

21) (Fuvest) - Em: "Quando a indesejada das gentes chegar", há:
a) clímax
b) eufemismo
c) sínquise
d) catacrese
e) pleonasmo

22) (Barbacena) - "O Poeta dos Escravos é uma glória imorredoura da Bahia." O que está grifado é uma figura de estilo especificamente reconhecida como:
a) metonímia
b) antonomásia
c) comparação
d) metáfora
e) catacrese

23) (9084 Mackenzie) - "Ó mar salgado, quanto do teu sal
são lágrimas de Portugal!"
Há, nesses versos, uma convergência de recursos expressivos, que se realizam por meio de:
I - metonímia;
II - pleonasmo;
III - apóstrofe;
IV - personificação.
Quanto às especificações anteriores, diz-se que:
a) todas estão corretas. 
b) nenhuma está correta. 
c) apenas I , II e III estão corretas. 
d) apenas III e IV estão corretas. 
e) apenas I está incorreta.

24) (Colégio Naval) - "... o rapaz lhe estendeu uma folha. Era um poema," - Reconhecemos, na frase, a figura:
a) eufemismo
b) animismo
c) metáfora
d) anástrofe
e) catacrese

25) (Univ. Taubaté) - No sintagma: "Uma palavra branca e fria", encontramos a figura denominada:
a) sinestesia
b) eufemismo
c) onomatopéia
d) antonomásia
e) pleonasmo

26) (Mack - Engenharia) - Em: "Moça linda bem cuidada, dois séculos de família, burra como uma porta, um amor" (M. de Andrada), há:
a) paradoxo
b) antítese
c) ironia
d) eufemismo
e) catacrese

27) (Uni. Fed. do Piauí) - Em: "... das coisas ásperas, das coisas tristes, das coisas frias..." há um agrupamento de palavras e idéias na mesma ordem, como um recurso estilístico chamado:
a) paralelismo
b) anáfora
c) apóstrofe
d) anástrofe
e) catacrese

28) (Marília) - Na expressão: "Eles têm poder; nós, dinheiro", a figura de construção empregada é:
a) anástrofe
b) elipse
c) zeugma
d) anacoluto
e) hipérbole

29) (Barbacena) - Em: "Respondeu um silêncio cheio de surpresa", há duas figuras:
a) catacrese e sinédoque
b) metonímia e catacrese
c) antítese e animismo
d) eufemismo e epíteto
e) antonomásia e comparação
 
30) (UF de Pelotas) - "Nem tudo tinham os antigos, nem tudo temos os modernos." (Machado de Assis)
A passagem encerra um exemplo de:
a) anacoluto
b) eufemismo
c) ironia
d) paradoxo
e) silepse

31) (Med - Taubaté) - Nos versos: "Deixa em paz meu coração/que ele é um pote até aqui de mágoa" verifica-se a seguinte figura de linguagem:
a) metonímia
b) metáfora
c) perífrase
d) sinédoque
e) catacrese

32) (Mack - Engenharia) - Em: "Botam a gente comovido como o diabo", ocorre:
a) silepse de gênero
b) silepse de número
c) silepse de pessoa
d) pleonasmo
e) antítese

33) (FMU) - Em: "Ele lê Machado de Assis", há:
a) catacrese
b) perífrase
c) metonímia
d) metáfora
e) inversão

34) (OMEC - Engenharia) - Assinale a figura de linguagem da frase seguinte: "Toda a cidade se alegrou com a sua vinda."
a) perífrase
b) catacrese
c) metonímia
d) sinédoque
e) silepse

35) (Mack - Engenharia) - Assinale a figura: "Em poucos momentos avistávamos a maravilhosa Rio de Janeiro".
a) metáfora
b) silepse de gênero
c) silepse de pessoa
d) silepse de número
e) sinédoque

36) (3621 Fuvest) - A prosopopéia, figura que se observa no verso "Sinto o canto da noite na boca do vento", ocorre em:
a) "A vida é uma ópera e uma grande ópera."
b) "Ao cabo tão bem chamado, por Camões, de Tormentório, os portugueses apelidaram-no de Boa Esperança."
c) "Uma talhada de melancia, com seus alegres caroços."
d) "Oh! eu quero viver, beber perfumes.
Na flor silvestre, que embalsama os ares."
e) "A felicidade é como a pluma..."

37) (7542 Fatec) - "Seus óculos eram imperiosos."
Assinale a alternativa onde aparece a mesma figura de linguagem que há na frase acima:
 
a) "As cidades vinham surgindo na ponte dos nomes."
b) "Nasci na sala do terceiro ano."
c) "O bonde passa cheio de pernas."
d) "O meu amor, paralisado, pula."
e) "Não serei o poeta de um mundo caduco."

38) (11569 Uelondrina) - Assinale a alternativa que encerra uma palavra empregada CONOTATIVAMENTE.
a) Jovem hoje, viria a ter, sem dúvida, uma existência mais tranqüila.
b) Todos dançam, suam, gritam juntos, e experimentam plena satisfação.
c) Pressentimos que estamos vivendo a aurora de um grande momento da História.
d) Os bailes e reuniões sociais eram quase invariavelmente ocasião de frustrações.
e) Todos tremem e aplaudem, ritmicamente, juntos, em franca euforia.

39) (13713 - Mackenzie)
I - O vento vem vindo de longe,a noite se curva de frio.
(Cecília Meireles)
II - Do relâmpago a cabeleira ruiva
Vem açoitar o rosto meu.
(Alphonsus de Guimaraens)
III - A excelente Dona Inácia era mestra na arte de judiar de crianças.
(Monteiro Lobato)
IV - Nunca se afizera ao regime novo - essa indecência de negro igual a branco e qualquer coisinha: a polícia! "Qualquer coisinha": Uma mucama assada no forno porque se engraçou dela o senhor; uma novena de relho porque disse: "Como é ruim, a sinhá"...
(Monteiro Lobato)
Assinale a alternativa que indica corretamente o ponto comum entre os respectivos trechos:
 
a) a metonímia e a prosopopéia - trechos I e II; eufemismo - trechos III e IV.
b) o assíndeto e a metonímia - trechos I e II; eufemismo - trechos III e IV.
c) o assíndeto e a prosopopéia - trechos I e II; hipérbole - trechos III e IV.
d) a inversão e a prosopopéia - trechos I e II; ironia - trechos III e IV.
e) a aliteração e a prosopopéia - trechos I e II; ironia - trechos III e IV.

40) (7574 Fei) - Assinalar a alternativa correta, correspondente às figuras de linguagem, presentes nos fragmentos a seguir:
I. "Não te esqueças daquele amor ardente
que já nos olhos meus tão puro viste."
II. "A moral legisla para o homem; o direito, para o
cidadão."
III. "A maioria concordava nos pontos essenciais; nos pormenores, porém, discordavam."
IV. "Isaac a vinte passos, divisando o vulto de um, pára, ergue a mão em viseira, firma os olhos."
a) anacoluto, hipérbato, hipálage, pleonasmo
b) hipérbato, zeugma, silepse, assíndeto
c) anáfora, polissíndeto, elipse, hipérbato
d) pleonasmo, anacoluto, catacrese, eufemismo
e) hipálage, silepse, polissíndeto, zeugma

GABARITO DOS EXERCÍCIOS DE FIGURAS E FUNÇÕES DA LINGUAGEM

 

1-C, 2-A, 3-C, 4-C, 5-A, 6-A, 7-E, 8-A, 9-B, 10-A, 11-A, 12-D, 13-C, 14-A, 15-D, 16-B, 17-D, 18-B, 19-B, 20-D, 21-B, 22-B, 23-A, 24-E, 25-A, 26-C, 27-B, 28-C, 29-C, 30-E, 31-B, 32-A, 33-C, 34-D, 35-B, 36-C, 37-D, 38-C, 39-E, 40-B

4 comentários

Muito obrigado, Pedro. Neste caso, não elaborei, apenas organizei o que tinha sobre o assunto aqui.

Reply

Postar um comentário